Bolsonaro: “Não tinha tanta vacina disponível assim”

Bolsonaro: “Não tinha tanta vacina disponível assim”
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Jair Bolsonaro tentou justificar a escassez de imunizantes contra a Covid no país.

Em live transmitida nas redes sociais, o presidente afirmou que não havia “tanta” vacina disponível para a compra no ano passado.

O que se oferecia para a gente, o contrato não era possível de se assinar daquela forma, e bem como não tinha a aprovação da Anvisa”, afirmou ao lado do novo ministro da Defesa, Walter Braga Netto. O presidente e o ministro estiveram na manhã deste sábado em uma ONG que distribui sopas para pessoas carentes no Distrito Federal.

O Brasil é um dos primeiros países em vacinação, estamos atrás apenas de alguns outros países, que começaram a vacinar no ano passado. Compramos vacinas no ano passado, não tinha tanta vacina disponível assim.” 

No ano passado, Bolsonaro rejeitou proposta da Pfizer que previa 70 milhões de doses de vacinas até dezembro de 2021. Do total, 3 milhões estavam previstos para ser entregues até fevereiro deste ano. Este ano, com o recrudescimento dos casos de Covid no Brasil, o governo assinou o mesmo contrato que havia recusado, para a compra de 100 milhões de doses.

 

 

Leia mais: Enquanto Brasília faz tudo errado, a Crusoé continuará fazendo o certo: fiscalizando o poder.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO