Bolsonaro não vai prorrogar intervenção no Rio de Janeiro

O Exército vai sair do Rio de Janeiro.

Jair Bolsonaro disse nesta sexta-feira:

“Eu assumindo, não prorrogarei a intervenção. Se quiserem falar em Garantia da Lei e da Ordem, eu vou depender do Parlamento para assinar”.

Os generais acompanham as primeiras ações do futuro governo — e não aprovam tudo... LEIA AQUI

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 41 comentários
  1. O espírito da intervenção no Rio e o da equipe do novo governo em relação à segurança pública são o mesmo. Na prática, já vem sendo internalizado e e consagrado nas polícias. Novos tempos!

    1. Foi pura politicagem do Vampirão p/ melhorar seu índice de aprovação, saiu pela culatra, e continua desgastando as FA, q ñ foram treinadas p/exercer tal finalidade.

  2. Intervenção na segurança, só com as devidas retaguarda jurídicas. Aliás, que o congresso vote leis de caráter permanente que dêem retaguarda ao cidadão de bem, policial, e às três forças.

    1. Se nao mudar imediatamente a Constituição Federal e o carcomido Codigo Penal vai ser só um Dom Quixote lutando contra moinhos de vento

  3. Tira o Exército e mande os Deputados e todos os demais envolvidos nos Direitos do Manos dialogar com as milícias, traficantes e criminosos em geral. Eles tem o direito de adotá-los também.

  4. Meu Deus Bolsonaro continuo vendo daqui da janela do meu quarto os bandidos circulando na laje da favela aqui no Rio e NÃO QUERO MORRER com bala na testa! Quero Snipers e Na Cabecinha do Witzel

    1. Minha Xará apoiado!!! Da janela da minha sala em bairro nobre do Rio vejo também os bandidos na laje com Fuzil AR-15. A nossa família morre de medo! O que fazer venha Witzel com drones na cabecinh

    1. Perfeito, Luciano!!!! 👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏

  5. Agora sim GLO!!! Os Militares entravam em favelas, levando tiros sem poder revidar e sem respaldo jurídico nenhum, enquanto Pezão e sua quadrilha continuavam a assaltar o Rio de Janeiro.

    1. G.L.O. tampouco. Não no sisteminha ‘mão única’ : só o estadual se beneficia com luxuoso reforço armado e fardado. Governador que se vire para HONRAR as Polícias Estaduais. Se quiser.

    2. Excelente! O Governo do Estado e a Justiça que façam a lição de casa e cumpram as suas obrigações. Se manter a intervenção o governador vai acabar acomodando.

    3. Isso é ótimo! intervenção é para garantir a Lei a Ordem e não pra fingir que tá tudo sob controle. Grande B17, tem que jogar a pressão pro Congresso! bandido armado é bandido a ser abatido