Bolsonaro nega que tenha defendido salário menor para mulheres

Henrique Meirelles acusou Jair Bolsonaro de defender salários menores para as mulheres. O candidato do PSL reagiu. “É mentira que defendi que mulher deve ganhar menos do que homem. Não existe uma gravação isso.”

Segundo ele, salários iguais já estão previstos na CLT, mas o governo não tem como intervir na iniciativa privada.

“Não temos que nos preocupar com isso. A mulher terá papel de destaque no meu governo, em especial na segurança pública.”

Meirelles, por outro lado, prometeu salários iguais – logo ele que é um homem de mercado.

 

 

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Sem demagogia…o governo não tem como se meter em assuntos privados, não tem como chegar no patrão e falar…”vc tem que aumentar o salário da fulana ou da beltrana”, não existe isso.

Ler mais 18 comentários
  1. Sem demagogia…o governo não tem como se meter em assuntos privados, não tem como chegar no patrão e falar…”vc tem que aumentar o salário da fulana ou da beltrana”, não existe isso.

  2. Somente gente muito ignorante entra nessa conversa de salário menor para mulheres, negros, ou qualquer outra minoria que inventem. Fico impressionado de sequer levantarem tal absurdo para discussão.

  3. Antagonistas! Não vão perguntar ao Meireles quais empresas de grande ou médio porte, .. Que pagam salários diferentes para homens e mulheres, mesmo ocupando cargos e tempo de serviço equivalentes?

  4. O Brasil possui: Ministério Público do Trabalho, Varas, Tribunais Regionais e Tribunal Superior do Trabalho para fazerem cumprir a CLT e STF para fazer cumprir o art. 5º da CF. Marina dispensável.

    1. Mr. Zé, pague menos para uma mulher para ver o que acontece: ela põe o Sr. no pau rapidinho e a JT vai meter-lhe uma condenação brutal kkkk

    2. Funções iguais salários iguais garante a CLT. E não não pra ver. Você será esfolado pelo MPT e pela Justiça do Trabalho. Vai ter de fechar a”Firma” e viver na clandestinidade