Bolsonaro nega recriar ministérios e sugere levar Onyx para o Planalto

Bolsonaro nega recriar ministérios e sugere levar Onyx para o Planalto
Adriano Machado/Crusoé

Jair Bolsonaro sugeriu neste sábado (30) que pode realocar Onyx Lorenzoni numa pasta no Planalto, abrindo a Cidadania para uma nova indicação, mas negou a recriação dos ministérios da Pesca, da Cultura e do Esporte, ao contrário do que indicara na sexta (29).

O plano, segundo interlocutores do presidente ouvidos pela Folha, é que Onyx assuma a Secretaria-Geral da Presidência, posto hoje ocupado interinamente por Pedro César de Sousa.

“O Onyx? Volta, eu conheço ele há muito tempo, me ajudou muito. Acredito no trabalho dele. Eu chamo o Onyx de curinga, e ele está pronto para ir para qualquer ministério”, disse Bolsonaro aos jornalistas na saída de uma loja de motos.

O presidente afirmou ainda que “não existe nada” de reforma ministerial e que “não tem recriação de ministérios”.

“Eu elogiei os três secretários, que fazem um brilhante trabalho”, declarou Bolsonaro, referindo-se a Jorge Seif (Pesca), Mário Frias (Cultura) e Marcelo Magalhães (Esporte), que para ele “mereciam ser ministros”.

“Não é criar ministério, como daria a entender, para negociar com quem quer que seja”.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que não tem medo de apontar os verdadeiros culpados pelas mazelas brasileiras.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO