Bolsonaro no agreste

Jair Bolsonaro atropelou Paulo Guedes e, nos primeiros dias de governo, prorrogou as regalias fiscais para o Norte e para o Nordeste (leia aqui a reportagem da Crusoé).

Ele também socorreu o governador petista do Ceará com o envio de tropas.

Nada disso bastou.

Segundo O Globo, “as ações dirigidas à população do Nordeste passaram a integrar a lista de medidas importantes a serem adotadas logo no início do governo.

Na região, Bolsonaro foi derrotado na disputa presidencial — e todos os governadores eleitos são de partidos da oposição. A reunião sobre o Nordeste é uma resposta a aliados, que manifestaram ao presidente a necessidade de o governo sinalizar que não haverá retaliação à região pelo resultado das urnas (…).

Políticos do Nordeste que apoiaram Bolsonaro fizeram chegar ao presidente descontentamento com o fato de a região não ter recebido atenção nos primeiros dias da nova gestão.”

Comentários

  • Vicente -

    Eu entendo que o nordeste e o norte merecem tratamento especial, devido as condições inóspitas ali existentes. Entretanto, urge fiscalização rigorosa para impedir que o dinheiro tenha um bom dest

  • Almanakut -

    Para melhorar o Nordeste, assim como o resto do Brasil, é preciso promover o "descangacismo" do Congresso Nacional, de vez!

  • Carlos -

    Nossa imprensa - já acostumada por épocas passadas - não se conforma com o novo modelo de administrar eleito pelo povo, pela nação. A referência a globo é como ela fosse " dona da verdade" o

Ler 114 comentários