Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro: "O câncer já foi lá para o TSE"

Em conversa com apoiadores no cercadinho do Palácio da Alvorada, o presidente disse que Barroso e Moraes estragam a democracia no Brasil
Bolsonaro: “O câncer já foi lá para o TSE”
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Jair Bolsonaro voltou a dizer nesta sexta-feira (27) que é preciso eliminar o “câncer” que há no Brasil. O presidente já havia usado a expressão em um vídeo publicado nas redes sociais na quarta.

Em conversa com apoiadores no cercadinho do Palácio da Alvorada, Bolsonaro afirmou que o “câncer” foi para o TSE.

Ele disse que “dois caras”, em referência aos ministros Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes, estão “estragando” a democracia brasileira. O presidente pediu o impeachment de Moraes na semana passada, mas o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, rejeitou.

Não sou machão, não sou o único certo. Agora, do outro lado não pode um ou dois caras estragarem a democracia do Brasil. Começar a prender na base do canetaço, bloquear redes sociais. E agora o câncer já foi lá para TSE, lá tem um cara também que manda desmonetizar as coisas. Tem que botar um ponto final nisso. E isso é dentro das quatro linhas (da Constituição).”

Bolsonaro afirmou que não quer interferir.

“Tem ferramentas lá dentro (da Constituição) para ganhar a guerra. Tem gente que está do lado de fora. Difícil governar um país desta maneira. O único dos Poderes que é vigiado o tempo todo e cobrado sou eu. O que acontece para o lado de lá não tem problema nenhum. Eu não quero interferir para o lado de lá, nem vou. Agora, tem que deixar a gente trabalhar para o lado de cá.”

Mais notícias
TOPO