Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro para Barroso: "Se tiver um pingo de moral, mande abrir processos de impeachment dos seus companheiros"

Bolsonaro para Barroso: “Se tiver um pingo de moral, mande abrir processos de impeachment dos seus companheiros”
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Na conversa filmada com apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada, há pouco, Jair Bolsonaro, em tom de desafio, pediu que Luís Roberto Barroso também determine a abertura dos processos de impeachment de ministros do STF que se acumulam no Senado.

Ontem à noite, Barroso mandou Rodrigo Pacheco instalar a CPI da Covid, destinada a apurar a conduta do governo federal na pandemia.

“Lá dentro do Senado tem processo de impeachment contra ministro do STF. Tem ou não tem?”, começou perguntando o presidente, animando seus apoiadores.

“Eu quero saber se o Barroso vai ter coragem moral de mandar instalar processos de impeachment também. Pelo que me parece, falta coragem moral ao Barroso e sobra ativismo judicial, emendou Bolsonaro.

O presidente afirmou também que “não é disso que o Brasil precisa, vivendo um momento crítico de pandemia” — agora ele admite.

“Pessoas morrem e o ministro do Supremo Tribunal Federal faz politicalha junto ao Senado Federal.”

Por fim, antes de ouvir aplausos e de ser ovacionado com gritos de “boa, garoto” e “é isso aí, doutor”, Bolsonaro olhou para a câmera que registrava sua fala e dirigiu-se ao ministro do STF assim:

“Barroso, nós conhecemos seu passado, sua vida, o que você sempre defendeu, como chegou ao Supremo Tribunal Federal, inclusive defendendo o terrorista Cesare Battisti. Então, use a sua caneta para boas ações em defesa da vida e do povo brasileiro. E não para fazer politicalha dentro do Senado Federal. Se tiver moral, um pingo de moral, ministro Barroso, mande abrir os processos de impeachment dos seus companheiros do Supremo Tribunal Federal.”

Leia mais: Pois é, nada mudou da esquerda para a direita.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO