Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro participará de atos de 7 de setembro: "A gente não pode aceitar passivamente"

Durante as manifestações, os apoiadores do presidente vão protestar contra prisões determinadas pelo Supremo Tribunal Federal e pelo voto impresso
Bolsonaro participará de atos de 7 de setembro: “A gente não pode aceitar passivamente”
Foto: Marcos Corrêa/PR

Em entrevista à Rádio Regional do Vale do Ribeira, Jair Bolsonaro confirmou que vai participar dos atos golpistas de 7 de setembro em Brasília, na Esplanada dos Ministérios, e em São Paulo, na avenida Paulista.

Ao comentar as recentes decisões de Alexandre de Moraes que atingiram militantes bolsonaristas, como Daniel Silveira e Roberto Jefferson, o presidente disse:A gente não pode aceitar passivamente isso: ‘ah, não é comigo’. Isso vai bater na tua porta.”

“De tudo que acusavam que eu ia fazer, quem está fazendo são eles. Na verdade, é um ministro do Supremo Tribunal Federal”, disse Bolsonaro, que apresentou na sexta-feira pedido de impeachment de Moraes.

“Um ministro do STF mandar prender, isso não é justo. A crítica, por pior que seja, você tem que tolerar. A liberdade de expressão é ampla, é garantida a todos nós. Seria muito mais cômodo e fácil para mim me omitir, ou ficar do outro lado.”

O presidente ainda declarou:

“Foi preso há pouco tempo um deputado federal e continua preso até hoje, em prisão domiciliar. A mesma coisa um jornalista, ele é jornalista, é blogueiro, também continua em prisão domiciliar até hoje. Temos agora um presidente de partido.”

Bolsonaro, que confirmou sua participação nas manifestações, disse que foi “convidado”. Eu estou sendo convidado para este movimento. No dia 7, pretendo estar aqui em Brasília por volta das 10h, e por volta das 15h30 na Paulista. O povo tem o direito a ser manifestar.”

“Quero que seja mostrada uma fotografia para o Brasil e para o mundo que o povo está apontado para uma direção O que o povo quer? Liberdade de expressão e poder votar em quem quiser.”

Assista:

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO