Bolsonaro proíbe assessores de comentarem caso da mansão de Flávio, diz jornal

Bolsonaro proíbe assessores de comentarem caso da mansão de Flávio, diz jornal
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Jair Bolsonaro, segundo a Folha, tem se mobilizado para evitar que a revelação de O Antagonista de que Flávio Bolsonaro comprou uma mansão de quase R$ 6 milhões em Brasília afete sua popularidade.

A ordem repassada a integrantes da equipe ministerial, diz a reportagem, é para que o assunto não seja comentado. Em caráter privado, ainda segundo o jornal, a avaliação é de que a compra foi “desnecessária e inoportuna”.

A Folha afirma ainda que assessores palacianos constataram que o caso “surtiu uma reação tímida da base bolsonarista nas rede sociais, um indicativo de que ele foi mal visto pelos eleitores do presidente”.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
TOPO