Bolsonaro provoca Barroso: "Falta-lhe coragem moral e sobra-lhe imprópria militância política"

Bolsonaro provoca Barroso: “Falta-lhe coragem moral e sobra-lhe imprópria militância política”
Foto: Isac Nóbrega/PR

Jair Bolsonaro provocou no Twitter o ministro do STF Luís Roberto Barroso, que determinou na noite de ontem a instalação da CPI da Covid no Senado, para apurar possíveis crimes cometidos pelo governo federal na pandemia.

O presidente da República publicou um vídeo em que conversa sobre o assunto com apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada.

“A CPI que Barroso ordenou instaurar, de forma monocrática, na verdade, é para apurar apenas ações do governo federal. Não poderá investigar nenhum governador que porventura tenha desviado recursos federais do combate à pandemia”, escreveu Bolsonaro.

O presidente, então, cobrou a mesma postura do ministro para que o Senado analise pedidos de impeachment de ministros do STF.

Barroso se omite ao não determinar ao Senado a instalação de processos de impeachment contra ministro do Supremo, mesmo a pedido de mais de 3 milhões de brasileiros [Bolsonaro se refere a um abaixo-assinado pelo impeachment de Alexandre de Moraes]”, continuou o presidente.

Por fim, Bolsonaro acusou Barroso de “imprópria militância política”:

“Falta-lhe coragem moral e sobra-lhe imprópria militância política.”

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que tem coragem de fiscalizar TODOS os poderes
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO