Bolsonaro recusou três ofertas de vacina do Butantan, mostram documentos

Bolsonaro recusou três ofertas de vacina do Butantan, mostram documentos
Foto: Alan Santos/PR

O governo Bolsonaro recebeu e recusou três ofertas do Instituto Butantan para comprar a Coronavac, mostra reportagem da revista Piauí.

As ofertas foram feitas em 30 de julho, 18 de agosto e 7 de outubro de 2020. A revista publicou os ofícios enviados a Eduardo Pazuello.

Em janeiro de 2021, depois de negar a vacina três vezes, o governo federal ficou com medo de que Doria começasse a vacinar antes. Foi exatamente o que aconteceu.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que tem coragem de fiscalizar TODOS os poderes
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO