ACESSE

Bolsonaro sanciona anistia a partidos

Telegram

Jair Bolsonaro sancionou nesta sexta-feira o projeto de lei que anistia multas a partidos que não tenham aplicado o mínimo de 5% das verbas do fundo partidário para promover a participação feminina na política.

A estimativa é de que o perdão das dívidas possa chegar a R$ 70 milhões.

O presidente, no entanto, vetou um artigo que anistiava as cobranças que tenham sido determinadas por doações ou contribuições eleitorais realizadas por servidores públicos que exerçam função ou cargo de livre nomeação, desde que eles sejam filiados a partidos.

Maia e o Centrão querem que o Planalto se curve ao Congresso. Leia aqui

Comentários

  • Carmen -

    Lamentável "perdão ". Vai contra o discurso e a expectativa. Poderia ser usado como moeda de troca.

  • Teresa -

    Essa é uma pauta que poderia ser usada para negociar com os partidos para se aprovar pelo menos a reforma administrativa e não sancionar assim. Ele continua corporativista.

  • Sérgio -

    Senhor Presidente anistie tb todos os devedores do IPTU do IPVA estaria assim sendo magnânimo com os brasileiros endividados. Lamentável seu ato. Votei em vc para ter austeridade governamental.

Ler 29 comentários