Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro: "Se pudesse, passava a Petrobras para o Mourão"

O presidente afirmou que não tem ingerência sobre a estatal e tentou se defender das críticas que vem recebendo devido aos reajustes nos preços dos combustíveis
Bolsonaro: “Se pudesse, passava a Petrobras para o Mourão”
Foto: Reprodução/Redes

Jair Bolsonaro (foto) afirmou, em tom de ironia, que, se pudesse, passaria o comando da Petrobras a Hamilton Mourão. O presidente deu a declaração a jornalistas no Guarujá nesse domingo (10) ao comentar a alta no preço dos combustíveis. Ele disse que não tem ingerência sobre a estatal e tentou se defender das críticas que vem recebendo devido aos reajustes.

“O dólar está diretamente ligado ao preço do combustível por lei. Eu tenho que cumprir a lei. Eu não mandei… Não é que eu não mandei, eu não mando na Petrobras. Eu quero… Se eu pudesse, eu passava a Petrobras para o Mourão administrar: ‘Olha, se aumentar combustível, quem manda é o Mourão’.”

“Eu indico o presidente, mas eu não posso segurar preço de combustível. Ou melhor, o presidente não pode segurar. Ele responde civil e criminalmente. Então, quando se mexe na economia com notícias mentirosas, acontece isso: mexe no dólar. Quando sobe o petróleo brent lá fora, sou obrigado a mexer aqui dentro”, acrescentou.

Como mostramos, na última sexta-feira (8), a Petrobras anunciou um reajuste de 7,2% no preço da gasolina e do gás de cozinha, que passou a valer a partir de sábado (9). Foi o terceiro aumento desde abril.

Mais notícias
TOPO