Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro sem oxigênio

Bolsonaro sem oxigênio
Reprodução/Twitter/Sam Pancher

A crise humanitária em Manaus derrubou a popularidade de Jair Bolsonaro nas redes sociais. O número de menções negativas subiu para 73%, um recorde, segundo a AP Exata/ModalMais.

As menções positivas caíram para 27% e a confiança despencou a 10,8%.

“Pedidos de impeachment nunca foram tão intensos nas redes”, diz a consultoria.

“A situação em Manaus segue como principal fonte de críticas ao presidente. Opositores o acusam de incompetência, mas também de desrespeito pela vida. Vemos um movimento em que as redes deixam de reconhecer a liderança do chefe de Estado.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO