Bolsonaro sobre auxílio emergencial: ‘É pouco'

Bolsonaro sobre auxílio emergencial: ‘É pouco
Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Jair Bolsonaro admitiu há pouco que o valor médio de R$ 250 para o novo auxílio emergencial ‘é pouco’.

“É pouco, mas é o que a nação pode dar. São R$ 44 bilhões de endividamento”, disse o presidente a apoiadores na saída do Palácio da Alvorada.

Ontem, Bolsonaro editou a Medida Provisória com as novas regras do benefício. O auxílio será pago a 46 milhões de pessoas, ao longo de quatro meses.

De acordo com o governo, o valor médio do auxílio será de R$ 250. Entretanto, para trabalhadores sem filhos, o benefício será de R$ 150; para famílias com mais de uma pessoa, será de R$ 250; já para as famílias em que a mulher é a única provedora, esse valor será de R$ 375. O auxílio será pago a apenas uma pessoa por família.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO