Bolsonaro, sobre PGR: "Vou seguir a Constituição"

Jair Bolsonaro voltou a falar neste domingo sobre a indicação para a PGR. O mandato de Raquel Dodge termina em setembro.

“Eu vou seguir a Constituição. Quando você pega para reitores, por exemplo, tem uma lista tríplice [obrigatória]. Para a PGR não existe essa possibilidade. Então, dá uma flexibilidade para a gente. A gente procura sempre atender [à lista], obviamente, mas…”, disse o presidente.

Ontem, Bolsonaro havia dito que deve indicar o nome do novo PGR, no máximo, até o dia 17 de agosto. Apesar de não ter seu nome na lista tríplice dos procuradores, Dodge ainda tem chances de ser reconduzida ao cargo.

Comentários

  • Karmen -

    com certeza será alguem que n defenda o combate a corrupção...então com certeza sta ra será reconduzida....p continuar engavetando....é a novelha

  • Luis -

    Dodge = Gilmar/Toffoli

  • Luis -

    F o r a D o d g e

Ler 145 comentários