ACESSE

"Bolsonaro tem acesso ao que quiser dentro do partido"

Telegram

Ao comentar que “não existe crise no PSL”, o deputado Julian Lemos disse a O Antagonista que Jair Bolsonaro é a “essência” do partido.

“O Bolsonaro tem acesso ao que quiser dentro do partido. Se ele quiser pedir um extrato do banco de alguma conta do partido, é claro que ele pode pedir e terá. Esta crise foi criada.”

Lemos lamentou os atritos.

“Todo mundo estava se dando muito bem antes disso tudo.”

Ele ainda afirmou que não pode ser considerado “traidor”.

“Não tem traidor. Eu sou amigo pessoal do Bolsonaro, ele sabe que pode contar comigo para qualquer missão.”

Leia também:

“Não tem grupo aliado a Bivar”

Exclusivo: como atua a militância virtual bolsonarista Saiba mais

Comentários

  • Elisabete -

    Bolso adora dinheiro. Vende a imagem de um simplorio comedor de leite condensado no pão para iludur o idiota do povo como o lavador de dinheiro também vendeu a imagem de pai dos pobres.

  • Elisabete -

    Essa crise é porque Bolsonaro quer colocar a mão no fundo partidário que é de apenas 700 milhões. Tá bom ou o povo quer mais desenhado? Um farsante como o lavador de dinheiro público

  • Presidente-XVII -

    Será mesmo? Então porque Jair Bolsonaro teve que pedir auditoria de 2019 todo até 5 anos atrás, já que a gestão de Bivar não é transparente?

Ler 22 comentários