Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro tem de abandonar vaidade e reconhecer que errou, diz Otto Alencar

Bolsonaro tem de abandonar vaidade e reconhecer que errou, diz Otto Alencar
Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Otto Alencar, titular da CPI da Covid, defendeu neste sábado (8) em entrevista à CNN que a investigação em curso no Senado exponha erros cometidos pelo governo federal no combate à doença e provoque mudanças que salvem vidas.

Para isso, diz o senador do PSD baiano, é preciso que Jair Bolsonaro mude sua postura.

“Não existe medicamento que possa prevenir uma virose a não ser a vacinação. É preciso que o presidente deixe sua vaidade de lado, reconheça que errou. E eu estou falando até como médico, como alguém que está percebendo o que está se passando no meu país”, afirmou Alencar, contrário ao “tratamento precoce”.

O senador também argumentou que é importante Eduardo Pazuello comparecer à CPI e reconhecer eventuais erros. “Dizia Voltaire que homens erram e que os grandes homens assumem os seus erros e corrigem os seus erros.”

O Antagonista acha arriscado demais acreditar no iluminismo do governo Bolsonaro.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que não tem medo de apontar os verdadeiros culpados pelas mazelas brasileiras.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO