Bolsonaro terá candidata em eleição suplementar no Mato Grosso

Jair Bolsonaro decidiu que vai participar, sim, da eleição suplementar no Mato Grosso, marcada para 26 de abril.

Os eleitores irão escolher quem vai suceder a senadora Juíza Selma (Podemos), cassada por caixa dois e abuso de poder econômico.

“Pretendo não participar, no primeiro turno, de qualquer candidatura entre os quase 6 mil municípios do Brasil. No tocante a vereador, tenho um amigo ou outro por aí, vou dar uma força. Pretendo participar das eleições para o Senado em Mato Grosso. Eu não posso falar o nome porque seria propaganda antecipada. Mas, como é o dia da mulher, será uma mulher”, disse o presidente, na última sexta-feira, em frente ao Palácio da Alvorada.

Trata-se da policial militar Rúbia Fernanda de Oliveira Santos, do Patriota, irmã do desembargador do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, Rubens de Oliveira.

Leia também: Congresso X redução do gasto público. Por quê?
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 4 comentários
TOPO