"Bolsonaro trata a Presidência como uma extensão de sua casa"

“Bolsonaro trata a Presidência como uma extensão de sua casa”
Foto: Adriano Machado/Crusoé

“Jair Bolsonaro participou de uma reunião com duas advogadas de seu filho mais velho, o senador Flávio Bolsonaro, para discutir supostas irregularidades em relatórios produzidos por órgãos federais de fiscalização a respeito do parlamentar, enrolado no escândalo das rachadinhas”, diz o editorial do Estadão.

“Estiveram no encontro o ministro do GSI, Augusto Heleno, e o diretor da Abin, Alexandre Ramagem.

Mais uma vez, o presidente Bolsonaro trata a Presidência da República e o aparato institucional do Estado como uma extensão de sua casa, usando-os como instrumentos para resolver problemas particulares.”

Sergio Moro denunciou essa prática potencialmente criminosa, mas o processo ficou parado na escrivaninha de Celso de Mello e Jair Bolsonaro continuou fazendo o que sempre fez.

Leia mais: Rachadinha Queiroz-Flávio Bolsonaro: confira as revelações sobre o caso
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 40 comentários
TOPO