Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro usa TV Brasil novamente para agradar a evangélicos

Presidente repete crime de responsabilidade ao privilegiar uma religião em transmissão da emissora estatal
Bolsonaro usa TV Brasil novamente para agradar a evangélicos
Crédito: Reprodução / TV Brasil / YouTube

Jair Bolsonaro repetiu hoje um crime de responsabilidade que já havia cometido ao usar a TV Brasil para transmitir um culto evangélico comemorativo pelos 110 anos da Assembleia de Deus. O evento está sendo realizado no Pará.

Não é a primeira vez que o presidente faz isso. No último dia 9, o capitão reformado praticou o mesmo ato ao participar de uma de uma cerimônia religiosa que durou mais de uma hora.

Diferente de outros eventos, Bolsonaro estava calmo e falou baixo. Defendeu seu governo, dizendo que não foi registrado nenhum caso de corrupção.

O presidente parece ter esquecido das candidatas laranja, que alvejaram a reputação de Marcelo Álvaro Antônio, então ministro do Turismo, ou das investigações contra Ricardo Salles, por suposto favorecimento de madeireiros.

Bolsonaro também voltou a dizer que sempre defendeu o equilíbrio entre saúde e economia na pandemia. Vangloriou-se por “não ter fechado nenhum comércio” e defendido isolamento social apenas para grupos prioritários.

Novamente o presidente parece ter esquecido das aglomerações que causou durante seus comícios políticos antecipados ou da demora na compra de vacina. E o Brasil caminha para ter meio milhão de mortos.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO