Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro vai ao STF reclamar de Barroso e rezar o Pai-Nosso

Segundo o presidente da República, o ministro que preside o TSE pratica um "ativismo legislativo incabível"
Bolsonaro vai ao STF reclamar de Barroso e rezar o Pai-Nosso
Foto: Alan Santos/PR

Jair Bolsonaro disse há pouco, ao sair de reunião com Luiz Fux, para o qual foi convidado, que reclamou da postura de Luís Roberto Barroso em relação ao voto impresso, e acabou puxando parte de um Pai-Nosso diante do presidente do STF  e ao ser inquirido por jornalistas. Segundo o presidente da República, o ministro que preside o TSE pratica um “ativismo legislativo incabível”.

“Não conseguimos entender a posição dele no tocante a isso”, disse Bolsonaro.

Barroso desaprova o voto impresso. Segundo o presidente do TSE, esse modelo de votação seria um retrocesso, além de ajudar os currais eleitorais, por acabar com o sigilo do voto.

O presidente voltou a dizer, sem mostrar dados de que é fraudar a urna eletrônica, que “a grande maioria da população quer um sistema auditável, um sistema confiável”.

O presidente afirmou que fará um evento para mostrar que é possível invadir as urnas eletrônicas e que irá “convidar” a imprensa. Disse que não fez a apresentação ainda porque a pessoa que irá fazer a demonstração está com Covid.

Bolsonaro disse também que, caso a possibilidade de auditoria de votos impressos não seja implantada, o governo vai “bater na tecla da contagem pública dos votos”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO