ACESSE

Bolsonaro vai avaliar cotados para Ministério da Saúde após quarentena

Telegram

Embora tenha saído em defesa de Eduardo Pazuello hoje, Jair Bolsonaro deve iniciar conversas com cotados para o Ministério da Saúde assim que se recuperar da Covid-19 e sair do isolamento.

Segundo auxiliares do presidente, Bolsonaro pretende ter um ministro titular para a pasta até o fim de agosto, quando –espera o Planalto– o Brasil tenha queda no número de infectados e mortos pela Covid-19.

Como mostramos, Pazuello tem dito a militares próximos que não quer ir à reserva do Exército. Há uma pressão de ministros palacianos para o general de três estrelas pedir reserva, como fez Luiz Eduardo Ramos, em um movimento para dissociar as Forças Armadas do governo.

Apesar de preferir a caserna, o ministro interino da Saúde não fala abertamente sobre sua situação com Bolsonaro.

A ideia é não pressionar o presidente e “cumprir a missão” que foi-lhe determinada, na expectativa de Bolsonaro trocar o comando da Saúde em breve.

Foto: Adriano Machado / Crusoé

Leia mais: Gilmar Mendes x militares: conheça os bastidores do caso aqui.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 17 comentários