Bolsonaro vai retirar indicação de aliado de Temer para a Anvisa

Jair Bolsonaro vai retirar a indicação do líder do governo Michel Temer, deputado André Moura, para a Anvisa.

O futuro ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse a O Globo que Moura não tem o perfil para ocupar o cargo.

“Ele não tem o perfil para aquela instituição, pelo menos não o perfil técnico que o novo governo está procurando”, disse Mandetta.

“No momento certo nós vamos fazer essa indicação. Não sei quais os motivos que levaram o atual governo a indicar o nome do André Moura, mas não me parece que ele tenha o perfil esperado para aquela instituição.”

Brasil, 2019 — O seu guia para compreender o ano que vai sacudir a nação (e sobreviver a ele) AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 69 comentários
  1. Se Bolsonaro já não tivesse colocado condenados e investigados a rodo no governo acreditaria na sua boa intenção. Em vez de privatizar o Correio manteve a estatal com um indicado de Kassab.

  2. Bravo!!! Valeram meus apelos…ia ser um desastre um ” infiltradode Temer” lidando diretamente com os lobbies das indústrias farmacêutica E de alimentos na ANVISA…#MudaBrasil!!!!!!!!!!!

  3. O motivo ministro só o senhor não sabe, é o MALDITO TOMA LÁ DA CÁ, é a colocação dos apadrinhados, é a locupletação com o dinheiro público, é a continuação da bandalheira, entendeu?

    1. Deveria ser assim, conforme promessa de campanha. Mas até agora, tenho visto mais maçã podre que boa na composição do novo governo. Parece um Temer 2.0.

  4. Tem que ser feito um projeto, impedindo qualquer atividade do governo passado após as eleições e tem que vigorar antes das 1ª pesquisas de intenção de voto. Só dá cachorrada, porra!

    1. Órgão público não é feudo de concurseiro. Tem que oxigenar com profissionais do mercado e de confiança do governante. Por isso o nome é ” cargo de confiança” , muitos setores estão dominad

    2. Concordo…tem q ser funcionário de carteira, porém nos correios tem funcionários de carreira….em altos cargos…mas como foram indicados por politpolíticos São vendidos..

    1. Mas quem aceitou Flávio, foi a patota do Bolsonaro, que só pela indicação ter vindo da patota do Temer, deveria ter vetado, numa bela assessoria.

    1. Pura retórica, Maria. E nem precisa achar ou se supor: TODO MUNDO sabe quais foram as intenções de se plantar um bandido desses em qq cargo.

  5. A cara de pau de politicos como andre e infinita. Um idiota destes que so sabe fazer rolo e andar do lado errado da forca querer trabalhar na Anvisa em troca de um salariozinho e ridicula. Caveira!