Bolsonaro vê "exagero" em inquérito sobre ministro do Turismo

Telegram

Ainda na live de hoje nas redes sociais, Jair Bolsonaro tratou da investigação sobre o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, denunciado pelo Ministério Público Eleitoral de Minas Gerais por suposto envolvimento no “laranjal” do PSL.

Para o presidente, há “exagero” e “má-fé” no inquérito que investiga o ministro.

“Não sei se [Álvaro Antônio] é culpado ou inocente. Pelo que eu sei, até o momento, há um exagero no inquérito. Vamos aguardar o desenrolar do processo”, disse Bolsonaro.

A PF ESTÁ NA MIRA. SERGIO MORO TAMBÉM. Leia aqui

“É um exagero, mas a intenção não é [atingir] o Marcelo. Em primeiro lugar, sou eu, Jair Bolsonaro. Querer me rotular de corrupto ou dono de laranjal.”

Comentários

  • Idgar -

    A grande sorte de Álvaro Antônio, talvez, tenha sido não se indispor com o filho Carlos, o vereador federal, não é? Mas ele que se cuide, pois se um dia Carlos acordar mal-humorado e der de frente...

  • Fabiana -

    Esse é o padrão de combate a corrupção dos bolsonaristas.

  • valdir -

    Só uma dica, Bolsonaro: levanta desta porá desta cadeira e deixa para o MOURÃO. Você não cabe nela, seu acéfalo!

Ler 90 comentários