Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro volta a proibir uso de fogo por 120 dias na Amazônia e no Pantanal

Decreto permite algumas exceções, e queimas controladas em outras regiões
Bolsonaro volta a proibir uso de fogo por 120 dias na Amazônia e no Pantanal
Foto: Mayke Toscano/Secom-MT

Um decreto publicado nesta terça (29) no Diário Oficial suspende por 120 dias as queimadas controladas na Amazônia e no Pantanal, e suspende o emprego do fogo em todo o Brasil, exceto em alguns casos.

Fica autorizado o uso de fogo, por exemplo, para “práticas agrícolas de subsistência executadas pelas populações tradicionais e indígenas”, “atividades de pesquisa científica” e “práticas de prevenção e combate a incêndios realizadas ou supervisionadas pelas instituições públicas responsáveis”.

Bolsonaro e Ricardo Salles assinaram um decreto semelhante em julho de 2020, também válido por 120 dias, às vésperas do período mais seco e de aumento de queimadas na Amazônia e no Pantanal. O decreto de hoje é assinado pelo presidente e pelo novo ministro do Meio Ambiente, Joaquim Alvaro Leite.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO