Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro volta a se queixar de Alcolumbre: 'Teve tudo conosco'

Presidente da República disse não entender a demora no agendamento da sabatina de André Mendonça na CCJ do Senado
Bolsonaro volta a se queixar de Alcolumbre: Teve tudo conosco
Foto: Isac Nóbrega/PR

Jair Bolsonaro (foto) voltou a se queixar do presidente da CCJ do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), ao comentar a demora no agendamento da sabatina de André Mendonça, indicado por ele ao STF em julho.

O presidente da República afirmou que seu governo ajudou “talvez até mais do que o necessário” o Amapá na pandemia e que não entende o posicionamento do senador.

Tudo ele teve conosco. Não entendo até hoje a razão dessa demora. A média nos últimos anos eram 20 dias para se sabatinar. E se, por exemplo, Mendonça não passar na sabatina, paciência. Eu não posso fazer nada no tocante a isso. Isso cabe a cada senador, votar na comissão e por no plenário aceitando ou não o seu nome.”

Como mostramos, ontem, durante sessão da CCJ, Alcolumbre repetiu que fará na semana que vem as sabatinas de autoridades que estão pendentes no colegiado, incluindo a de André Mendonça. O presidente da comissão, no entanto, não definiu datas nem horários.

Mais notícias
TOPO