Bolsonaro volta a defender mudança nas leis trabalhistas

Telegram

No seu encontro de hoje com os parlamentares do DEM, Jair Bolsonaro voltou a defender mudanças nas leis trabalhistas e a dizer que ser patrão no Brasil é “um tormento”, registra a Folha.

“No que for possível, sei que está engessado o artigo sétimo [da Constituição], mas tem que se aproximar da informalidade”, disse o presidente eleito aos deputados.

Bolsonaro prometeu ainda, “se tiver clima”, resolver o “problema’ do Ministério Público do Trabalho.

Os novos 'donos do poder': você precisa saber o que eles querem e o que estão dispostos a fazer. LEIA AQUI

“Não dá mais para continuar quem produz sendo vítima de uma minoria, mas uma minoria atuante.”

Comentários

  • Vlad -

    Ao meu ver o melhor caminho é aperfeiçoar a legislação do trabalho autônomo, dar mais segurança, dinamismo e desburocratizar esta modalidade. E fazer o trabalho com carteira se aproximar a este.

  • Pedro -

    Votei em Bolsonaro, mas já estou começando a me arrepender. Antes de assumir já está caminhando pra o lado errado! O problema não é o trabalhador, o problema são os encargos.

  • Julio -

    a questão não é só o que se paga pra empregado é mais o que se paga ao governo sem ter retorno... e o discurso trabalhista ha de ser focado nos deveres dos mesmos e não so os beneficios...

Ler 38 comentários