Bom sinal de Bolsonaro

O Globo, em editorial, indica o caminho para reduzir os 62 mil assassinatos por ano:

“É bom sinal a escolha do juiz Sergio Moro para um ministério que deve unir áreas de Justiça e Segurança. Sua experiência na repressão a organizações criminosas e aos negócios para lavagem de dinheiro já foi atestada, com êxito, no caso Banestado (2004) e na Lava Jato (2014).

Mostrou em um acervo de processos a sintonia entre os submundos da corrupção política e o da lavagem de lucros obtidos no narcotráfico, contrabando de armas e jogos ilícitos, entre outros. Pouco variam os personagens, os meios e as rotas.

O poder da indústria de drogas é essencialmente econômico, e esta, também, é a sua vulnerabilidade. A abordagem militarista adotada a partir dos anos 80 levou a uma guerra frontal das polícias com o narcotráfico nas ruas das maiores cidades. O resultado está aí, no quadro geral de insegurança pública.

É hora de revisão da estratégia, com uso efetivo de instrumentos de inteligência, principalmente financeira, disponíveis no governo, mas operados de maneira desconexa. Podem estar na base da reestruturação das polícias, combinados ao fortalecimento das corregedorias e perícia científica. Complemento vital é o saneamento do sistema prisional, ponto central da recente expansão da indústria do crime.”

A grande imprensa está, é claro, atrasada no episódio do convite de Bolsonaro a Sergio Moro... LEIA AQUI

Temas relacionados:

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. A impunidade, que incentiva a gatunice sistêmica promovida por bandidos travestidos de políticos, tem de ser contida em primeiríssimo lugar. Chicaneiros solidários com a ladroagem? Não!

Ler mais 49 comentários
  1. A impunidade, que incentiva a gatunice sistêmica promovida por bandidos travestidos de políticos, tem de ser contida em primeiríssimo lugar. Chicaneiros solidários com a ladroagem? Não!

  2. Pqp, apenas mais do que vem sendo feito a 30 anos e não resolveu nada, mimimi acadêmico de sempre, precisa é combate efetivo a criminosos com excludente de ilicitude e abate de bandidos armados.

  3. É hora do povo deixar de ler o Globo, ver Globo e Globonews isso sim….. Ja deletei todos de minha TV a Cabo. Tem Band News, Record News etc. A Globonews só tem esquerdopatas comprados pelo PT.Asco

    1. Vixe! Cara, nosso problema não é a imprensa. Essa basta não ler que acaba mudando. Falta de leitores significa falta de faturamento e patrocínios. Esse tipo de comentário só atrapalha.

  4. PORQUE O Globo não citou a coisa mais crucial que é a íntima ligação entre o narcotráfico, o crime organizado e a política, especialmente o LULOPETISMO, e que este é o motivo da guerra contra

  5. Curioso! “O Globo” critica a “abordagem militarista” fingindo esquecer-se que toda a atual revisão estratégica teve como um dos pontos de partida a atual intervenção no Rio, coordenada por mil

  6. Como se 65.000 mortes matadas fossem de confrontos c a policia.Resultado do endeusamento de bandidos e condenação da resistencia pelos meios de comunicação.Desarmaram até psicologicamente o povã

  7. O editorial de O Globo está querendo dizer que a criminalidade de hoje é resultante da abordagem militarista ou provocada por ela? Santa ignorância! Quem escreveu isso não entende do assunto.

  8. não deixa de ser engraçados jornais, dando opiniões técnicas sobre esta nas travas dos corações dos homens, como se fossem videntes e profissionais destas áreas, mas apenas sendo palpiteiros.

  9. Com a tecnologia atual, se realmente hovesse interesse em acabar com o tráfico de drogas, o reduziria em 90% em um mês. Via satélite é possível ver as grande prantações e refinarias de droga, m

    1. Mas rola muito dinheiro e muitos poderosos chegaram lá por esse meio. As prantações de maconha na América Latina então é facílimo localizar e dinamitar.

  10. A Velha e imunda rede rede globolixo que faz apologia ao crime e as drogas. Precisamos desligar nossas TVs das programações da rede globolixo a ater-se as programas que realmente faz bem à família

  11. Ir contra o que é certo, é idiotice das grandes, a grande mídia brasileira precisa também fazer uma reciclagem, o Globo, Estadão e outros precisam entrar em sintonia com a mudança.

  12. Anotem aí: Moro ainda vai fazer história no combate ao crime organizado. Trocar tiros com bandidos tem pouco resultado útil. Secar as fontes, seguir e bloquear recursos é o que vai ter efeito.

  13. Anotem aí: Moro ainda vai fazer história no combate ao crime organizado. Trocar tiros com bandidos tem pouco resultado útil. Secar as fontes, seguir e bloquear recursos é o que vai ter efeito.

    1. Essa mulher está descompensada, insuportável… Quando se limita a assuntos econômicos, ainda vá lá… Mas ela está com ideia fixa: só pensa no Bolsonaro…

  14. Eé? Cadê aquele discurso esquerdista, que quase enganou a população entorno do Haddad/lula e o PT? Agora, começa a botar a mão na consciência e querer ajudar o Bolsonaro? NÃO ESQUECI A BAIXARI

  15. O Globo entende algo de redução de criminalidade? Durante anos apoiou os maiores criminosos da história e seus devaneios de segurança como UPPs, além do grupo receber 10,2 bi em publicidade.

  16. A grande mídia terá que se curvar diante de um presidente eleito democraticamente que acena para o combate das mazelas deste país, ao mesmo tempo ficar vigilante e cumprir seu papel democrático.

  17. É mesmo? Oohhhh….! Todos estão caindo das nuvens petistas e constatando o ÓBVIO que qualquer pessoa de cabeça não-lavada já tinha visto há muito tempo. Este é o grande mérito do Bolsonaro.

  18. É uma boa iniciativa, porém o grosso da grana desses “capos” está em paraísos fiscais, longo do alcance do estado. Aqui dentro só temos o varejo, amplamente pulverizado. Esse dinheiro deve…

    1. …deve convergir para algumas contas ou ser trocado por dólares através de doleiros. O Dr. Moro terá à sua disposição ema equipe muito bem treinada para seguir essas pistas. Assim esperamos.