Bombeiros retiram de lago notebook de operador de Cabral

Telegram

O Corpo de Bombeiros encontrou num lago em Paraíba do Sul, no interior do Estado do Rio de Janeiro, um notebook de Carlos Miranda, operador financeiro de Sérgio Cabral, registra o G1.

O computador, que foi jogado no lago por Miranda, guardava as planilhas com as transações do grupo do ex-governador.

Entre as planilhas estariam os registros de pagamentos feitos ao então procurador-geral de Justiça do RJ, Cláudio Lopes, denunciado na última terça-feira por formação de quadrilha, corrupção passiva e ativa e quebra de sigilo funcional.

Comentários

  • Luiz -

    Já pode prender por crime ambiental e tentativa de eliminação de provas. Mas o melhor de tudo é que ainda deve ser possível recuperar os dados.

  • Cristina -

    Mais bandido esse Cabral, só mesmo o presidiário de Curitiba.

  • -

    Que PUTARIA esse Brasil!!!

Ler 46 comentários