Boulos, o queridinho da esquerda, vira réu por invasão do triplex do Guarujá

Boulos, o queridinho da esquerda, vira réu por invasão do triplex do Guarujá
Foto: Kelly Fuzaro/Band/Divulgação

Guilherme Boulos (PSOL) virou réu por invadir o triplex do Guarujá em abril de 2018, quando o coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto ocupou o local com sua trupe em protesto à prisão de Lula.

A decisão foi tomada pela juíza da 6ª Vara Federal de Santos, Lisa Taubemblatt, que deu 10 dias para que Boulos e outros dois investigados, ambos do MTST, respondam à acusação.

Em despacho, a magistrada disse que a denúncia do MPF “veio acompanhada de peças informativas que demonstram a existência de justa causa para a persecução penal”.

Boulos, o novo queridinho da esquerda brasileira, disse ao UOL que a decisão “mostra, mais uma vez, a Justiça Federal sendo conivente com as atrocidades promovidas no âmbito da Lava Jato”.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO