“Brasil está na cauda de uma pandemia”, diz Paulo Guedes

“Brasil está na cauda de uma pandemia”, diz Paulo Guedes
Foto: EDU ANDRADE/Ascom/ME

Apesar de o Brasil ter registrado hoje o recorde diário de mortes por Covid-19, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que o país está “na cauda” da pandemia.

Ao defender a aprovação da PEC Emergencial, como forma de se garantir a retomada do auxílio emergencial, Guedes declarou: “Você pode dar o auxílio emergencial, nós estamos afinal de contas na cauda de uma pandemia que já aconteceu no ano passado, e o sacrifício já foi feito, congelamos dois anos de salários do funcionalismo. Mas sempre com essa ideia de ter um protocolo para crises futuras”, afirmou o ministro em entrevista à Jovem Pan.

Um lembrete: o Brasil registrou nas últimas 24 horas 1.641 mortes por Covid-19 —recorde desde o início da pandemia— e 59.925 novos casos. Os dados são do Conass, o Conselho Nacional dos Secretários de Saúde, desta terça-feira (2).

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO