ACESSE

Brasil precisa de gestor como Doria, disse Wizard antes de aceitar cargo no governo Bolsonaro

Telegram

O empresário Carlos Wizard, escolhido para assumir no governo de Jair Bolsonaro o cargo de secretário de ciência e tecnologia do Ministério da Saúde, escreveu em 13 de abril no Twitter que “o Brasil precisa de um gestor como o governador de São Paulo, João Doria”.

Wizard publicou a frase ao compartilhar uma postagem de Doria, contendo um resumo das ações do governo estadual no combate ao coronavírus. O empresário também acrescentou:

“Não é hora de amadorismo. Não será um mês de isolamento a comprometer a economia, mas uma série de medidas anteriores e posteriores. Precisamos ser conscientes e responsáveis com a vida dos brasileiros. Viva o Brasil!”

Naquele mesmo dia, Wizard deu outra alfinetada na condução nacional da crise sanitária:

“Ora, se você tem uma questão jurídica, você procura um advogado. Se você tem uma questão médica, você procura um médico e não uma série de achismo. É hora da ciência! O Brasil precisa de um gestor!”

Wizard ainda compartilhou uma crítica de Fábio Vilas-Boas, secretário de Saúde da Bahia no governo do petista Rui Costa, às “pessoas que pregam o relaxamento do distanciamento social”:

“Em meio à fase mais crítica da pandemia na BA, será que essas pessoas que pregam o relaxamento do distanciamento social aceitam assinar um termo renunciando o acesso a leitos de UTI e ventilação mecânica para si, para seus pais e seus filhos???”, escreveu Vilas-Boas.

Talkey, Bolsonaro?

Leia também: Lições da gripe espanhola de 1918 para hoje a pandemia de hoje

Comentários

  • Nat -

    O que será que ele ganhou pra mudar o discurso e mudar de lado?

  • Walter -

    E daí, panvleto Frankenstein, que vive de retalhos de outras publicações...a Globo está explodindo, logo serão vocês a quebrarem...

  • Maria -

    Por uma boa boquinha vale tudo, é só "ajustar" o discurso e trocar as amizades. Já temos uma amostra do caráter do novo queridinho de Bolsonaro.

Ler 58 comentários