ACESSE

Brasil precisará de até 40 aviões para trazer máscaras da China

Telegram

O Ministério da Infraestrutura avalia ser necessário usar até 40 aviões para trazer as 240 milhões de máscaras que o Brasil comprou da China.

O material está em Guangzhou e soma 960 toneladas. Espera-se que as máscaras cheguem ao Brasil em 15 dias.

“O Ministério da Infraestrutura mapeou toda a malha aérea essencial que segue operando, bem como a utilização de cargueiros comerciais, aviões da Força Aérea Brasileira (FAB), veículos oficiais de estados e também o apoio de grandes empresas importadoras que ofereceram sua estrutura logística ao Governo Federal”, disse a pasta, em nota.

Mesmo em aviões comerciais, os voos ganharão status de “voo de Estado”, com as prerrogativas de prioridade de pouso e decolagem. As viagens devem durar 40 horas, partindo da China com destino ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, com uma escala.

Leia também: Quarentena: Combo O Antagonista+ e Crusoé por apenas R$ 1,90

Comentários

  • Eduardo -

    Dica: da pra fazer várias viagens com um avião

  • Heitor -

    Com quase todas Frotas da Gol, Azul, Deta, American, Tap, Latam, British, France e mais umas mil paradas, não vejo onde está o problema. Aliás, parece solução de sobra!

  • José -

    Isso é um Ministério altamente competente e articulado

Ler 48 comentários