Brasil rejeitou ladrões e incompetentes

Dora Kramer, no Estadão, oferece uma boa análise dos resultados eleitorais, retirando o assunto do plano do embate entre esquerda e direita:

“O fiasco do PT não tem nada a ver com ideologia. Tem a ver com corrupção e desatino na administração da economia. Ademais, quem disse que os petistas detém o monopólio do pensamento de esquerda? Governou com e para a direita atrasada, tratou os mais pobres como consumidores – algo típico do coronelato arcaico dos grotões. Além disso, seu líder máximo quando sindicalista declarava não ser de esquerda. Lula vestiu essa roupagem quando precisou dela para construir um partido.”