Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Brasil tem ao menos 40 linhagens do novo coronavírus

Brasil tem ao menos 40 linhagens do novo coronavírus
Foto: Lorenzo Casalino, Amaro Lab, U.C. San Diego

O Laboratório de Vírus Respiratórios e Sarampo do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) já identificou ao menos 40 linhagens diferentes do Sars-CoV-2, afirmou ao Estadão a pesquisadora Paola Cristiana Resende.

Elas vêm de diversas partes do mundo, em especial da Europa, mas apenas duas predominam em circulação, a B.1.1.28 e B.1.1.33.

“Podemos verificar que essas duas linhagens principais predominam no Brasil e são específicas daqui, encontradas em baixíssima frequência em outros países. Elas circulam desde março e estão por todo o território nacional. E, é claro, estão evoluindo, ganhando novas mutações, pois é esperado que um vírus com um genoma de RNA evolua de forma rápida. Assim, novas sublinhagens podem ser detectadas ou evidenciadas”, afirmou.

Ela disse que não há motivo para pânico, uma vez que as mutações não tornaram o vírus mais transmissível ou letal no país.

“Os dados sugerem que as vacinas em desenvolvimento e as que já estão em aplicação em diversos países terão ótima eficácia contra o Sars-CoV-2 e suas recentes variações, uma vez que, apesar das mutações, as características fenotípicas do vírus parecem não ter sido alteradas. Nenhuma variação que impacte na formulação das vacinas foi detectada.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO