Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Brasileiros burlam atestado para se vacinar

Possíveis casos de "fura-fila" são investigados no Amapá e na Paraíba
Brasileiros burlam atestado para se vacinar
Foto: Marcelo Piu/Prefeitura do Rio

Com o início da vacinação contra a Covid de pessoas com comorbidades, cresceu o número de brasileiros que burlam atestado para se vacinar. 

Possíveis casos de “fura-fila” são investigados em estados como Amapá e Paraíba.

Os procedimentos foram instaurados pelos Ministérios Públicos estaduais e o Federal. Em João Pessoa, a prefeitura anunciou nesta semana que passaria a imunizar apenas pessoas com laudos médicos para comorbidades. A pessoa precisa deixar uma cópia do comprovante no local de vacinação, que será encaminhada para apuração por uma comissão municipal e outros órgãos de fiscalização.

As comorbidades listadas pelo Plano Nacional de Imunização como prioritárias na campanha de vacinação contra o coronavírus incluem doenças que atingem parte significativa da população, como diabetes e cardiopatias. No entanto, em alguns casos, como no da hipertensão, a imunização é permitida apenas para pessoas que estão em estágios mais graves da patologia.

Leia mais: Em pouco mais de um mês no STF, o ministro Kassio Marques se alinha à ala anti-Lava Jato.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO