ACESSE

Bretas cobra MPF por atraso nos laudos das joias da mulher de Cabral

Telegram

O juiz federal Marcelo Bretas, da 7ª Vara Criminal do Rio, cobrou os procuradores da Lava Jato fluminense pela demora na elaboração dos laudos das joias que pertenciam a Adriana Ancelmo, mulher do ex-governador Sérgio Cabral, informa Fabio Leite na Crusoé.

As peças apreendidas em 2016 no apartamento de Cabral no Leblon, zona sul carioca, seriam leiloadas em agosto do ano passado. O leilão, porém, foi cancelado por Bretas por causa da discrepância de 78% entre os valores das joias avaliados pela Polícia Federal (R$ 2 milhões) e pela Caixa Econômica Federal (R$ 455 mil).

Leia:

Bretas cobra MPF por atraso nos laudos das joias da mulher de Cabral

COMO ELE VIROU O VICE QUE BOLSONARO QUER. Saiba mais

Comentários

  • PAULO -

    Ministério Público do Rio, é aquele que foi chefiado pelo Cláudio Lopes , agora réu, hummmm sei, o mesmo que foi surpreendido com as falcatruas do Cabral e Cia, huuummmm sei.

  • Ruy -

    Quando a Adriana Anselmo voltará para o regime fechado?

  • Paulo -

    JUIZ BRETAS, OUTRO BOM BRASILEIRO, MAS NO RJ, NAO DEVE SER FACIL, TRABALHAR, E CARNAVAL, O ANO INTEIRO, E UMA FESTA, SEM FIM, AGUA PODRE, POVO FELIZ E CARNAVAL. BOM PRA GLOBOLIXO, NAO MOSTRA NADA.

Ler 6 comentários