ACESSE

Bretas condena Cavendish por fraude em obra comandada por Paulo Preto

Telegram

Marcelo Bretas condenou Fernando Cavendish, dono da Delta Engenharia, a 11 anos e oito meses de prisão por lavagem de dinheiro e fraude à licitação na obra de ampliação da marginal do Tietê, em São Paulo.

O empreendimento contratado no governo José Serra, em 2009, foi comandado por Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto (na foto).

Cavendish, que também terá de pagar R$ 10,7 milhões de multa, já havia sido condenado por envolvimento no esquema de Sérgio Cabral.

Leia AQUI a reportagem de Fabio Leite na Crusoé.

Leia mais: Gleisi e Bolsonaro do mesmo lado

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 18 comentários