Bretas: “Juiz não é inimigo de ninguém”

Telegram

Antes de audiência com Sérgio Cabral na última sexta-feira, o juiz Marcelo Bretas disse ao ex-governador do Rio que permite a visita de familiares independentemente da condição financeira dos presos, publica o G1.

“Cansei de pedir aos policiais que aguardassem aqui fora. Não fiz isso porque era o senhor, não. O país está muito sensível politicamente. Nos tratamos com respeito, independentemente de ter condenado o senhor. Juiz não é inimigo de ninguém”.

Bretas comentou também os ataques que recebeu depois de elogiar Lula na última terça-feira.

“Tem pessoas que confundem as coisas. Acham que juiz não tem que ser humano, que tem que ser máquina. Juiz é humano, mais do que qualquer um tem que ter respeitar a humanidade”.

Comentários

  • Rodrigo -

    Respeitar não é bajular condenado. Papel ridículo do Bretas.

  • -

    O respeito se perde junto com a individualidade, neste sórdido ambiente comunista Brasileiro...

  • Temístocles -

    Vergonha alheia em relação à manifestação de vassalagem ao PTralha-mor!

Ler 120 comentários