Bumlai arrecadou para sede do Instituto Lula

O Instituto Lula negou ontem que tenha recebido R$ 12,4 milhões da Odebrecht para a construção de uma nova sede, alegando que está instalado no mesmo edifício onde funcionava o Instituto Cidadania.

Mas uma reportagem da Folha de novembro de 2010 conta que Lula estava recorrendo a empreiteiras em busca de doações para erguer a nova sede.

Quem era o responsável por passar o chapéu? José Carlos Bumlai.

Leiam um trecho da matéria:

“O presidente tem dito a auxiliares que o Instituto Lula não se limitará a coordenar estudos e formular políticas públicas, como se discutiu inicialmente. Isso significa que a entidade terá pouco a ver com o antigo Instituto Cidadania, que ele comandou antes de assumir o governo.

‘Lula pegou gosto pelo papel de empreendedor e vai usar o instituto para dar continuidade a isso. Ele quer acompanhar obras, aproximar os governos do setor privado’, conta um ministro que acompanha os debates.

No front interno, emissários do presidente já conversam com empreiteiras em busca de doações para erguer a sede da ONG, em São Paulo. Parte dessas empresas pode se beneficiar dos projetos no exterior.

Apontado como responsável por captar dinheiro, o pecuarista José Carlos Bumlai, amigo de Lula, disse via assessoria que a entidade ainda ‘não está formalmente constituída nem tem sede alugada’. Também citado, o ex-ministro Luiz Fernando Furlan (Desenvolvimento), copresidente da Brasil Foods, não quis falar.”

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200