Exclusivo: Bumlai executado

O Banco do Brasil só agora resolveu cobrar judicialmente as dívidas do empresário José Carlos Bumlai, o amigão de Lula. Em dezembro, o BB recorreu à Justiça de São Paulo para executar dois débitos que somam R$ 91,5 milhões.

As decisões já saíram.

No processo de execução de R$ 28 milhões, também estão arrolados os filhos e a holding Heber Participações. Na cobrança dos R$ 63,5 milhões, o amigãode Lula aparece com os filhos e cunhados.

Caso não paguem as dívidas, todos terão seus bens penhorados.

Faça o primeiro comentário