​Bumlai, o “trouxa” espertinho

A defesa do amigão de Lula disse a Sérgio Moro que o pecuarista foi o “trouxa perfeito do PT”, por ter atuado como laranja no empréstimo de R$ 12 milhões do Banco Schahin para a legenda.

José Carlos Bumlai também disse que reconhece o erro e está arrependido.

Só não falou sobre as evidências de que o empréstimo serviu para calar o chantagista Ronan Maria Pinto no caso Celso Daniel – leia aqui.

Faça o primeiro comentário