Burger King ironiza veto de Bolsonaro ao comercial do BB

Telegram

O Burger King aproveitou o veto de Jair Bolsonaro ao comercial do Banco do Brasil e anunciou que vai recrutar as pessoas que participaram da propaganda do banco.

Sem citar nominalmente o BB, a rede de fast-food afirmou o seguinte em comunicado:

“Procura-se elenco para comercial. O Burger King está recrutando pessoas para seu novo comercial. Para participar, basta se encaixar nos seguintes requisitos: ter participado de um comercial de banco que tenha sido vetado e censurado nas últimas semanas. Pode ser homem, mulher, negro, branco, gay, hétero, trans, jovem, idoso. Curtir fazer selfie é opcional.”

Depois da publicação, o Burger King virou alvo de campanha de boicote nas redes sociais por bolsonaristas.

Comentários

  • amarildo -

    Bom, se eles atingirem o público alvo tá valendo. Não pode é jogar dinheiro público no lixo errando o público alvo!

  • José -

    Acho que não cabe a empresa entrar nessa. A não ser que ela não tenha interesse em ter clientes que admiram o jeito de ser de Bolsonaro. O que é provável. E também uma burrice.

  • Carlos -

    Empresa privada faz o comercial que quiser. Eu nunca vou no Burger King e vou continuar não indo.

Ler 673 comentários