Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Butantan rebate Bolsonaro e diz que lote da Coronavac a 5 dólares era de apenas 500 mil doses

Instituto rebateu insinuação do presidente sobre sobrepreço na vacina de origem chinesa
Butantan rebate Bolsonaro e diz que lote da Coronavac a 5 dólares era de apenas 500 mil doses
Foto: Divulgação/Instituto Butantan

O Butantan rebateu nesta quinta (22) insinuações do presidente Bolsonaro sobre um sobrepreço na Coronavac – vacina comprada pelo governo federal.

Ontem e hoje, o presidente disse que o governo recebeu da Sinovac ofertas da vacina a US$ 5 a dose, enquanto o preço cobrado pelo Butantan é de US$ 10.

O Butantan rebateu: “É de conhecimento do Butantan que no início do mês de julho o consórcio COVAX Facility ofertou vacinas ao Ministério da Saúde. A quantidade, de apenas 500 mil doses, faz parte de um lote de 20 milhões de vacinas, a preço de custo, destinado a mais de 100 países em altíssima vulnerabilidade”.

O Ministério da Saúde fechou contrato com o Butantan para comprar 100 milhões de doses da Coronavac. O governo paulista pretende completar a entrega de todas as doses até o fim de agosto.

“A negociação entre o Butantan e o Ministério da Saúde passou por todas as etapas legais, incluindo a apresentação da planilha de custos da vacina para as equipes técnicas do Governo Federal, em reunião no mês de outubro de 2020. O valor final das vacinas ofertadas pelo Butantan inclui todas as despesas ordinárias diretas e indiretas, incluindo o preço pago à SinoVac, os custos de importação (taxa de administração, frete, seguro do produto, tributos e impostos), os custos de produção (envase, recravação, rotulagem e embalagem), custos dos testes de qualidade, administrativos e regulatórios, armazenagem e transporte. O Butantan, portanto, se responsabiliza por todas as etapas que se referem à vacina, e entrega o produto pronto no armazém do Ministério da Saúde”, acrescentou o instituto.

“O Instituto Butantan mantém vários canais abertos com a sociedade civil, órgãos públicos e de controle, respondendo a todos os questionamentos desde o início do processo, com o intuito de colaborar com o aumento da transparência tão necessária neste momento do país”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO