Butantan: 'Sobre a Turquia não podemos nos manifestar'

Butantan: Sobre a Turquia não podemos nos manifestar
Foto: Reprodução/Instagram/Instituto Butantan

O Antagonista questionou o Instituto Butantan sobre o anúncio da Turquia, que nesta quinta (24) informou que a eficácia da Coronavac é de mais de 91%.

Ontem (23), o Butantan adiou a divulgação da eficácia, alegando que a chinesa Sinovac havia pedido tempo para unificar os dados dos ensaios nos vários países.

“O Instituto Butantan segue o contrato”, disse a assessoria de imprensa. “Sobre a Turquia não podemos nos manifestar”.

Posteriormente, a assessoria divulgou a nota abaixo:

“O Instituto Butantan não comenta informações relativas a contratos da Sinovac com outros países.

O Butantan atendeu a um pedido da biofarmacêutica visando à unificação de dados de eficácia da vacina.

Nos testes clínicos realizados no Brasil com 13 mil voluntários, a vacina já se mostrou extremamente segura e em patamar de eficácia acima do indicado pela OMS (Organização Mundial de Saúde).

Trata-de de um grande avanço, porque, pelos resultados obtidos até agora, a vacinação em massa por meio do imunizante já garantiria expressivas reduções no número de internações por complicações relativas ao [novo] coronavírus”.

Leia mais: Crusoé revela documentos de leniência que a holding JBS omitiu da Justiça. Há ainda novos detalhes de repasses feitos a ministros do atual governo e ao Instituto Lula.
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 49 comentários
TOPO