Cabo Daciolo irá à Justiça para estar em debate da Globo

A campanha de Cabo Daciolo entrará com ação na Justiça para tentar garantir a participação dele no debate presidencial da Globo, em 4 de outubro –o último antes do primeiro turno.

A equipe do candidato do Patriota, informa a Folha, disse ter sido surpreendida com a informação de que, conforme as regras estabelecidas pelo TSE, ele não está apto a participar do encontro.

Pela planilha da corte eleitoral, o partido de Daciolo tem quatro parlamentares –devido a uma resolução, o tribunal desconta um que migrou para o Patriota na janela partidária.

A legenda insiste que devem ser contados cinco, o número mínimo para garantir os candidatos nos debates televisivos.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 21 comentários
  1. O Cabo Daciolo ainda não entendeu que a Globo já tem o Zorra total. Falar em jocosidade, acho que o cabo vira recruta depois das eleições. Motivo? Não forças armadas não tem lugar para palhaço

  2. Essa Globo comunista muda as regras de acordo com a conveniência dela, porque antes não tinha nada a ver com quociente de parlamentares eleitos. O Boulos fecal, p. ex., aposto que estará lá.

  3. Melhor que não vá mesmo, ele é o maior traíra, só atrapalha o Bolsonaro com este papo de nova ordem mundial. Foda-se a NOM, queremos Bolsonaro presidente, o resto a gente vê depois. Pode ser?

    1. Nem de Nova Ordem Mundial ele entende. Ouviu o galo cantar em alguma parte, e age como se fosse profundo conhecedor do assunto.