Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Caboclo comprou jatinho de R$ 71 milhões no dia em que foi denunciado

A nova cúpula da CBF agora tenta reverter a aquisição, mas a negociação é considerada complexa
Caboclo comprou jatinho de R$ 71 milhões no dia em que foi denunciado
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Dias antes de ser afastado da presidência da CBF, Rogério Caboclo comprou um jatinho para a entidade à vista no valor de R$ 71 milhões, diz o UOL.

O negócio foi fechado na última sexta-feira, mesmo dia em que uma funcionária da entidade denunciou o dirigente por assédio moral e sexual. Caboclo está fora do cargo desde domingo (6).

A nova cúpula da confederação alega que não havia sido consultada e agora tenta reverter a aquisição, por considerá-la desnecessária. O processo, no entanto, é complexo.

Se isso não for possível, a CBF deve revender o jato Legacy com 16 lugares. A entidade já possui uma aeronave Citation com 12 lugares, em bom estado.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.
Mais notícias
TOPO