CABRAL 5%

Além de Sérgio Cabral, a PF está prendendo outras sete pessoas.

A operação se baseia em delações premiadas da Andrade Gutierrez e da Carioca Engenharia.

Sérgio Cabral foi acusado de embolsar 5% em propinas no Maracanã.