Cabral condenado a quase 200 anos

Sérgio Cabral foi condenado hoje pela oitava vez pelo juiz Marcelo Bretas na Operação Lava Jato –desta vez, a 14 anos e cinco meses de prisão por lavagem de dinheiro.

Agora, as penas do ex-governador do Rio somam 197 anos e 11 meses de prisão. Cabral tem, no total, nove condenações –a outra veio de Curitiba, pelo então juiz federal Sergio Moro.

Também foram condenados o irmão do ex-governador, Maurício Cabral, e a ex-mulher de Cabral, Susana Neves –todos por lavagem de dinheiro. A pena de Maurício foi de quatro anos e seis meses, e a de Susana, de oito anos e quatro meses.

O inimigo número 1 de Sergio Moro. Leia AQUI

No caso em questão, o MPF acusou a FW Engenharia de pagar propina ao esquema do ex-governador em troca de contratos com o governo estadual. O volume dos contratos da empreiteira aumentou 37 vezes na gestão Cabral.

Flávio Werneck, o dono da FW, também foi condenado a oito anos e quatro meses.

Comentários

  • Petronilo -

    O que mais acho incrível é um condenado desses não ter sido achado pela imprensa. Principalmente porque O Garotinho vinha fazendo denúncia há uns nove ou dez anos. A imprensa é cúmplice nesse r

  • Jo -

    Cabral foi escolhido o "bobo da corte". Os seus processos são julgados rapidamente. Por que é diferente com o chefe da ORCRIM? Os crimes não são os mesmos ?Lavagem $$.? E aí? Cruzoé, expl

  • Marcio -

    falta prender a puta dele ,a vadia esta curtindo cadeia no Leblon. casalzinho viajava pelo mundo. crianças com as babás,baixou o lado materno da puta.

Ler 57 comentários